Através de carta psicografada, Eloá envia mensagem relatando detalhes de sua morte

0
3395

Um dos casos que mais deixaram o país chocado nos últimos anos foi o de Eloá Cristina Pimentel, que foi assassinada de forma brutal pelo seu ex-namorado há mais de 10 anos atrás, e ainda é relembrado por muitos brasileiros com pesar, devido a forma como tudo ocorreu nos dias em que a jovem esteve sob ameaças do rapaz.

No entanto, após sua morte, uma mensagem veio a tona mais recentemente a respeito de tudo que ocorreu com a jovem no momento em que foi sequestrada pelo ex-namorado, que acabou com a sua morte.

Na mensagem, Eloá relatou a respeito dos momentos após sua partida, e descreveu com detalhes tudo que aconteceu neste período de desencarne da mesma.

Vale lembrar que este foi um dos casos mais cruéis que o povo brasileiro presenciou, e foi transmitido quase que inteiramente pela mídia, que ficou dias em frente ao local onde tudo ocorrida, e até mesmo causou uma certa influência.

Muitas pessoas até mesmo dão destaque para isso, criticando a imprensa pela forma como se portou diante do caso, tratando como se tudo não passasse de um espetáculo, mesmo com a ameaça constante à vida da jovem e de sua amiga, que também foi mantida como refém de Lindemberg Fernandes Alves, ex-namorado de Eloá.

O rapaz não aceitava o fim do relacionamento com a jovem, e resolveu cometer seu sequestro, que foi mostrado em diversas emissoras na época em que tudo aconteceu. Durante a situação toda, Eloá acabou sendo morta pelo rapaz com tiros, enquanto sua amiga que também estava no local foi ferida, mas acabou escapando com vida.

O que mais causa estranhamento na carta escrita por Eloá é o fato de que ela conta que não foi Lindemberg que atirou contra ela, mas sim uma bala disparada pelos policiais.

Carta psicografada de Eloá

Logo no começo da mensagem Eloá começa falando que ela está enviando a mensagem para poder esclarecer a respeito do ocorrido no momento de sua morte. Ela conta que não foi seu ex-namorado que atirou contra ela.

Em seguida, a jovem relata que uma bala a atingiu, mas foi disparada pela polícia, e que Nayara, que estava com ela, sabe a respeito disso, mas que a polícia não deixou que a jovem falasse a verdade a respeito do caso.

Eloá ainda pediu na carta que visitassem seu ex-namorado na cadeia para ver como ele está no momento, e que ele não pode falar também a respeito do tiro, que foi proferido pela polícia de acordo com o relato da jovem após sua morte.

Ela então, relata a respeito do local onde vive agora, que se parece com um em que ela vivia na Terra, que ela conta com pessoas que estão cuidando dela.Ao final da mensagem, Eloá conta que está bem, mas que ainda sente saudades de seus pagodes e do açaí do Mr. Bean.

 

 

Deixe seu comentário