Como ficarão no plano espiritual as relações de amor que cultivamos aqui na terra?

0
454

Quando falamos de espiritismo e tudo que tem a ver com o plano espiritual gera muitas dúvidas, isso porque temos medo e receio do novo, daquilo que ainda não experimentamos. Uma das indagações é de como ficarão nossas relações amorosas após a morte? Aquelas que cultivamos aqui na terra, ainda em vida.

Segundo a doutrina espírita, a nossa vida no plano espiritual é muito semelhante à nossa vida terrena, então para que possamos ter laços bem fortes após a morte, é preciso que cultivemos muito eles aqui na terra enquanto ainda podemos. Devemos lembrar também que há as reencarnações, e que por isso as relações de amor entre as pessoas não são tão simples como queríamos que fosse.

O psicanalista André Marouço explica que é preciso ter uma grande responsabilidade na relação com o próximo e deixar um pouco de lado com a preocupação desses lados na nossa espiritualidade, nos preocupando com nossa vida terrena, que é a que podemos controlar no momento.

Allan Kardec esclarece

Segundo obras de Allan Kardec, pelo fato de nossa vida na espiritualidade ser um reflexo de nossa vida aqui na terra, é muito importante que possamos colocar amor em tudo o que fazemos, porque uma vida é extensão da outra, ou seja, o que fazemos aqui continuará existindo na outra vida.

Segundo o espiritismo, nosso corpo quando adormece à noite nos permite que possamos ir ao plano espiritual e encontrar entes queridos e até mesmo conseguir respostas e adquirir conhecimentos para acrescentar em nossa vida e missão aqui na terra. O plano espiritual é como nossa vida aqui, porém um pouco mais avançada. As tecnologias que aqui estão chegando agora, já existem há um tempo.

André Marouço fala a respeito dos espíritos de nossos parentes e pessoas que amamos, assim como eles conseguem nos visitar e ter acesso a nós, também conseguimos ir até eles durante o sono. Quando estamos dormindo, nossa alma é emancipada, ou seja, o nosso espirito consegue se desprender de nós e ir ao encontro deles no plano espiritual.

Ele conta que como a falta de uma pessoa que se foi acaba sendo muito grande, Deus permite que mesmo em planos distintos, ambos possam se reencontrar sempre que necessário. Há espíritos que reencarnaram até mesmo em outros planetas. Nem sempre os encontros nos sonhos vão acontecer de maneira literal, como o ente querido materializado, mas muitas vezes iremos resgatar lembranças, cheiros, toques ou algo que lembre diretamente a pessoa.

Deixe seu comentário