Nós escolhemos nossa reencarnação ou nossa vida é programada no plano espiritual?

0
827
Nós escolhemos nossa reencarnação ou nossa vida é programada no plano espiritual?
Imagem de beate bachmann por Pixabay

Até que ponto nossa reencarnação é programada e até que ponto escolhemos? Com o livre arbítrio, somos livres para fazermos nossas escolhas e assim, aceitarmos as consequências que elas podem nos trazer, isso porque os resultados delas podem traçar todo um destino para cada um de nós. Há quem acredite que tudo é escolha somente de Deus, e que nada que Ele não queira vá acontecer, porém, apesar de sim, Deus reger nosso universo, ele nos concedeu o livre arbítrio para que pudéssemos viver com nossas escolhas.

Destino existe?

E quanto ao destino? Sim, ele existe, se você levar em consideração que ele tem a ver com seus atos cometidos anteriormente, mas se você pensa que o destino se trata de toda uma história já escrita e será trilhada exatamente como foi pré-destinada, não. Nós somos quem fazemos nosso próprio destino com nossas escolhas, sendo para nosso bem ou não

Quando reencarnamos, escolhemos um caminho de expiações para enfrentar, na intenção de nos redimir. As expiações diferem das provas que passamos normalmente em nossas vidas. Na doutrina espírita, ouvimos muito os nomes ‘prova’ e ‘expiação’,

Diferença entre prova e expiação

Mas qual a diferença e o que são elas? A prova se trata de testes que a vida nos dá para uma evolução pessoal, para que possamos aprender lições valiosas para nossas vidas e adquirir experiencia e sabedoria.

A expiação se trata de situações difíceis que enfrentamos por conta de nossas vidas passadas, isso porque quando cometemos muitos erros em nossa vida passada, mas não recebemos nela a justiça que deveria, a mesma se faz na reencarnação. A expiação pode ser uma pena criminal para ficar melhor entendido.

Deus não nos dá punições, para isso o novo tempo da graça nos mostra Deus como um pai bondoso e de amor. Apesar de não ser vingativo e não nos castigar por nossos delitos, Deus é justo e nos permite passar pelos processos necessários da vida. Temos o livre arbítrio, onde nós fazemos nossas escolhas, e Ele nos permite lidar com as consequências de cada uma sem intervir, de forma justa.

Reencarnação programada e evolução espiritual

É claro que, quando reencarnamos, se não temos contato com a doutrina espírita, não entendemos que podemos estar passando por expiações, mas a partir do momento em que conhecemos e que entendemos isso, devemos procurar passar por tudo de maneira leve, para que consigamos nossa evolução espiritual, que é o único objetivo em todo o processo de desencarne e reencarnação, a evolução do espírito em um todo.

Fonte: TV Mundo Maior

Deixe seu comentário