Sofrimento na hora da morte – Visão Espírita

0
1454
Reprodução: TV Mundo Maior

Muitas pessoas acabam despertando uma grande curiosidade no que se refere sobre a possibilidade de sofrimento no momento da morte do corpo física. Essa é uma curiosidade de muitos daqueles que estão iniciando na Doutrina Espírita.

Em outras palavras, essa dúvida é sobre se o desencarne causa dor para todos aqueles que realizam a sua passagem para o mundo espiritual? Até mesmo para os Espíritas esse é um m omento cheio de mistério. Sendo assim, de qual forma Allan Kardec define esse acontecimento?

Sofrimento na hora da morte? Qual é a visão do Espiritismo

Foi descrito por Allan Kardec, no livro “O Céu e o Inferno”, os últimos momentos do espírito no corpo carnal.

‘O último alento quase nunca é doloroso, uma vez que ordinariamente ocorre em momento de inconsciência, mas a alma sofre antes dele a desagregação da matéria, nos estertores da agonia, e, depois, as angústias da perturbação’.

De acordo com os escritos, as causas das mortes são “naturais”. Isso quer dizer que na maioria das vezes ela acontece por questões de saúde, um acidente, ou pela idade. Isso acontece pois podemos estar fazendo o resgate de questões do passado que estão diante dessa provação da carne.

Talvez você também se interesse por:

Ficha para pedido de carta psicografada

Curiosidades sobre Allan Kardec

Dessa forma é possível dizer que nem sempre estamos provocando uma situação que por consequência antecipe a nossa partida. Sendo assim a morte pode ser considerada natural e por isso, de acordo com o que foi escrito por Allan Kardec, receberá a serenidade e amparo.

O que o Espiritismo diz sobre ‘mortes não naturais’

Segundo o que é ensinado pelo Espiritismo, há inúmeras formas de procurar pela morte, e isso é algo independente do ato de autoextermínio.

Em outras palavras, quando um indivíduo decide não cuidar da própria Saúde, seja ela emocional ou corporal, é uma forma de autoextermínio. É preciso zelar pela maior ferramenta que torna possível o espírito aqui na terra, um local em que nossa evolução pode acontecer de um modo mais rápido.

Sendo assim é possível concluir que há uma grande necessidade de fazer uma avaliação a respeito de nosso estilo de vida e atitudes. Somente assim poderemos identificar as mudanças necessárias, nos tornando mais conscientes e evoluindo. Além disso, estaremos deixando um grande legado e construindo o mundo de regeneração.

Fonte: Chico de Minas Xavier

Deixe seu comentário